terça-feira, 26 de julho de 2011

A observadora...

Sophia brincando com um adesivo da Hello Kitty:
- A Hello Kitty não tem boca mãe!

sexta-feira, 22 de julho de 2011

O caso do primeiro cocô no vaso

Filha querida, em primeiro lugar a mamãe quer pedir desculpas por este post, pois talvez um belo dia tu estejas com o teu namorado, sentada no sofá da sala, mostrando toda orgulhosa pra ele (será, hein?): "Olha só o blog que a minha mãe escrevia pra mim quando eu era criança."  E provavelmente ele vai te perguntar: "Blog, o que é isso?". E assim vocês dois vão ler juntinhos os posts fofos que a mamãe fez com tanto carinho, e, de repente vão chegar exatamente neste post aqui onde a mamãe conta que... tãrãrããããã: ontem tu fez teu primeiro cocô no vaso! Uhuhuhuhu! Então filhota, desculpa aí, a mãe ficar contando isso aqui no blog. É que foi muita emoção filha. Coisa de mãe, sabe. O primeiro cocô no vaso a gente nunca esquece. Desculpa tá, a  mamãe nem vai entrar nos detalhes de como foi o processo ;-)
E quanto ao senhor, seu namorado, ri da minha filhinha não, que é capaz que a tua mãe também tenha blog.
By the way: "Claro que eu estou participando do sorteio de lançamento do Minha Mãe que Disse!

segunda-feira, 11 de julho de 2011

Declarações

Ontem a noite:
Deitada entre eu e o Tony no tapete da sala:
- Eu tava com saudade de vocês.

No meu colinho antes de dormir:
- Tu é da minha vida mãe.
- Sou o quê da tua vida filha? O amor?
- Isso mesmo!

Hoje de manhã da minha cama:
- Eu te amo mãe.

Aguenta coração...

quinta-feira, 7 de julho de 2011

Vai uma ajudinha aí?

Como as crianças nos colocam a prova o tempo todo, a duras penas vou descobrindo algumas manhas pra lidar com as manhas da pequena lá de casa. Sempre que a Sophia não quer fazer alguma coisa, tipo a noite quando não quer ir pro quarto pra dormir, porque brincar é muito mais interessante, eu convido ela primeiro pra me ajudar a fazer a mamadeira. Gol certo. Larga toda a birra e vem bem faceira me ajudar. E eu claro escolho tarefinhas pra ela: pegar a caixinha de leite no armário, segurar alguma coisa, ou simplesmete fico narrando pra ela o que eu estou fazendo em tom de contação de historinha. E essa coisa de ajudar tem sido redendora em várias situações, fez birra, eu logo convido pra me ajudar a fazer alguma coisa. Mas eu já havia começado com essa questão de envolver ela em algumas atividades antes, talvez por isso ela já esteja acostumada e o resultado seja positivo. O fato é que ela adora quando eu digo "Ajuda a mamãe...", ela pula na hora. Acho legal começar a envolver ela em pequenas atividades, quando ela ficar maiorzinha quero começar a incentivar ela na cozinha, nas preparações, aquela coisa de se sujar de farinha mesmo. Lembro quando eu era criança que eu também adorava quando a minha mãe ia fazer pão e me dava um pedacinho de massa. Eu amassava meus pãezinhos e depois quando ficavam prontos eu achava o máximo que eu que tinha feito. A criança gosta de fazer parte de tudo, acho super normal, super simples, apenas é preciso dar a ela o limite para este envolvimento.

sexta-feira, 1 de julho de 2011

O cara mais legal do mundo

Ele é inteligente. Tem um sorriso encantador. Deu o primeiro banho na Sophia. Dá banho todos os dias na Sophia e seca o cabelo dela com secador. Na hora de vestir a Sosô faz combinações de roupas bem estranhas, mas ela adora. Anda de bicicleta com a Sophia. Leva a Sophia e o Shermann pra pracinha. Baixa todos os filmezinhos que a Sophia adora. É carinhoso, paciente, amigo, companheiro, irresistível. Tem todo o jeito pra explicar. E tem o coração bom que só. Não, ele não é perfeito, me irrita muitas vezes. Mas sabe de uma coisa, não quero que ele mude nadinha, nadinha.
Sabe filha, ter ele como pai, é uma benção pra ti. Ter ele como marido é uma benção pra mim. Valeu Papai do Céu.
Parabéns Antonio pelo teu niver. Vida longa ao nosso lado.
Te amamos de montão.
Nell & Sosô